Munícipe

Aprovados subsídios no âmbito da Cultura e Desporto

Na reunião camarária de 4 de fevereiro foi aprovada a atribuição de diversos subsídios, no âmbito da Cultura e do Desporto, ao abrigo dos regulamentos municipais em vigor.

 

Ao abrigo do Regulamento Municipal de Atribuição de Apoio às Freguesias, a Junta de Freguesia da Zibreira irá receber um subsídio de 4.870,80 euros para reparação de janelas no edifício da antiga escola primária de Zibreira, onde decorrem aulas de fitness e atividades culturais.

 

Ao abrigo do Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo, foram aprovados os valores referentes a apoio institucional mensal a atribuir aos ranchos folclóricos (400 euros), bandas filarmónicas e Choral Phydellius (500 euros), na sequência das candidaturas apresentadas para o presente ano, com uma dotação global anual de 78 mil euros.

 

No que respeita a apoio para aquisição de equipamentos na área do desporto, considerada a comparticipação máxima definida, foram aprovados 62,50 euros para o Clube Desportivo de Torres Novas e 123,55 euros para a União Desportiva e Recreativa da Zona Alta.

 

Apreciados os pedidos de apoio pontual na área da cultura, foram fixados os valores de 3.225,12 euros para o CNE Agrupamento 593 Riachos, 4.961,72 euros para a Banda Operária Torrejana, 235,83 euros para a Casa do Povo de Olaia – Lamarosa, 720,67 euros para a Sociedade Filarmónica Lealdade União Ribeirense, 5.176,11 euros para o Coral Sinfónico de Portugal e 4.930,55 euros para o Rancho Folclórico Os Camponeses de Riachos, num total de 19.250 euros.

 

Referente a apoio à formação de agentes desportivos, a Laranja Mecânica Futsal Clube recebe 600 euros e o Clube Desportivo de Torres Novas recebe 360 euros, totalizando 960 euros.

 

No que toca a apoios à manutenção dos campos de futebol relvados (sintético ou natural), foi aprovada a atribuição de 6 mil euros, traduzido em prestações mensais de 500 euros, ao Centro Recreativo e Cultural de Santo António de Assentis e ao Clube Atlético Riachense, num total de 12 mil euros anuais, visando apoiar a prática do futebol, que movimenta um número significativo de praticantes e um número muito substancial de adeptos, com impacto na vida das comunidades, tendo como contrapartidas a disponibilização do campo e restantes infraestruturas às escolas do concelho e ao município, desde que salvaguardado o calendário de jogos do clube residente.

 

| Agenda

| Notícias

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies