Munícipe

Geminação e cooperação

Moreni (Roménia)
A cooperação com Moreni surgiu a convite do Governo Civil de Santarém, tendo ganho corpo através de deslocações entre ambas as localidades.

A ligação entre Torres Novas e Moreni baseia-se, em grande medida, na troca de conhecimentos e experiências no âmbito das políticas sociais e da gestão de apoios comunitários, bem como numa vertente de interligação cultural.

Moreni tem vários projetos em curso, relacionados com áreas tão diversas como o desenvolvimento sustentável e o turismo, a reabilitação das redes de água da cidade, educação, perspetivando-se também como áreas de cooperação a administração, o financiamento e a gestão de recursos.

 

file document Acordo de cooperação entre os municípios de Torres Novas (Portugal) e Moreni (Roménia)

 

 


Ribeira Grande (Cabo Verde)

O projeto de geminação com Ribeira Grande, em Cabo Verde, começou no ano de 1996, tendo sido assinado protocolo que vinculou ambos os municípios em Maio de 1997. Esta geminação tem como grande vertente de cooperação a educação.

 

Entre as ações já desenvolvidas, destaque para o apoio frequente aos estabelecimentos de ensino daquele concelho, formação e criação de bombeiros voluntários (os primeiros de Cabo Verde), oferta de antenas parabólicas para a captação de sinal da televisão, em particular da cabo-verdiana e da portuguesa. Foi oferecido, com o apoio da ANMP (Associação Nacional de Municípios Portugueses), um carro de combate a incêndios Houve também apoio ao nível dos transportes escolares, com a oferta de dois autocarros.

 

Em Janeiro de 2010 foram entregues 90 toneladas de donativos, entre material escolar, de protecção civil e de construção, livros, brinquedos, vestuário, calçado, entre outros. Este material resultou de uma campanha de solidariedade promovida junto da população torrejana, para apoio às vítimas das chuvas torrenciais que assolaram o país em Setembro de 2009.

 

A 11 de Junho de 2011, Torres Novas entregou a Chave de Ouro da cidade ao primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves.

 

Nesta ocasião, José Maria Neves apontou o poder local como pilar fundamental de um Estado de direito democrático, uma vez que permite um maior pluralismo através dos vários centros do exercício do poder. «O poder local possibilita um maior envolvimento dos cidadãos e abre espaço ao controlo do exercício do poder. Está mais próximo das pessoas e, no dia-a-dia, realiza os seus sonhos», sublinhou.

 

Com uma forte troca de experiências e de conhecimentos entre as comunidades da Ribeira Grande e de Torres Novas, esta geminação tem tido também uma componente empresarial mas faz-se, acima de tudo, através das escolas e de uma grande ligação entre alunos de ambas as localidades.

 

file document  Protocolo de geminação com o Município da Ribeira Grande (Cabo Verde)

 

 

 

Rambouillet (França)

Esta geminação nasceu da vontade da comunidade portuguesa residente em Rambouillet, tendo o acordo de intenções sido celebrado em Maio de 2010.

 

A oficialização da geminação teve lugar no dia 7 de Maio, com a assinatura do protocolo, por ocasião das «Memórias da História», numa cerimónia onde marcaram presença Gerard Larcher, Presidente do Município de Rambouillet e Presidente do Senado da República Francesa, bem como Jaime Gama, à data Presidente da Assembleia da República Portuguesa.

 

Entre os objetivos deste protocolo consta a manutenção de laços permanentes entre os dois municípios e o favorecimento, em todos os domínios, da interação entre os seus habitantes, promovendo, assim, e através de uma melhor compreensão mútua, o sentimento de fraternidade europeia.

 

Procurar-se-á igualmente conjugar esforços a fim de assegurar, na plena medida dos seus meios, o sucesso deste empreendimento de paz e prosperidade, promover, através desta geminação, os valores universais que unem os dois países: a liberdade e a democracia, e ainda promover a partilha, a troca de experiências, a opinião e os valores, incentivando a realização do intercâmbio cultural e a cooperação entre os seus cidadãos.

 

Considerando que estas trocas e ligações permitem um enriquecimento e desenvolvimento dos cidadãos, no que se refere à compreensão mútua, esta geminação procura promover os valores da liberdade, da democracia e da União Europeia.

 

 

file document  Protocolo de geminação com o Município de Rambouillet (França)

 


Manatuto (Timor)

O que começou com um contacto informal entre o então presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Antonio Rodrigues, e Xanana Gusmão, tornou-se uma forte ligação que conta já mais de dez anos, e teve, como um dos pontos mais altos, a atribuição do nome do então Presidente do Conselho Nacional da Resistência Timorense a uma avenida de Torres Novas, em Outubro de 2000.

 

Em Maio de 2002 foi assinado um protocolo de cooperação entre o Município de Torres Novas e o Distrito de Manatuto, visando o desenvolvimento de um programa de intercâmbio cultural, social, educativo, informativo, desportivo, turístico e empresarial.

 

Em 2008 António Rodrigues estaria novamente em Timor para, a convite do, já então, Primeiro-Ministro Xanana Gusmão, encetar as primeiras diligências junto dos chefes de suco daquele país e diversas outras entidades, com vista à elaboração de uma proposta para a implementação do poder local naquele país.

 

A 6 de Novembro do mesmo ano, António Rodrigues entregou a Xanana Gusmão o relatório final que resultou do trabalho de campo efetuado pelo autarca torrejano, apontando caminhos para o modelo autárquico a implementar em Timor.

 

file document  Protocolo de cooperação entre os municípios de Torres Novas (Portugal) e o Distrito de Manatuto (Timor-Leste)

 

 

| Agenda

| Notícias

sabia que

o Trail do Almonda se vai realizar a 21 de maio?

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies