Munícipe

Período Crítico de Risco de Incêndio (recomendações)

2 427x600

No dia 1 de julho, entrámos no período crítico de risco de incêndio que se prolonga até 30 de setembro (podendo ser alterado em função das condições meteorológicas). As coimas vão até aos 60 mil euros.

 

É PROIBIDO:

- Fazer queimas ou queimadas

- Usar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, salvo se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito

- Fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais

- Lançar de balões de mecha acesa e de foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da Câmara Municipal

- Fumigar ou desinfestar em apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas.

 

É OBRIGATÓRIO: - O uso de dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 Kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas. No dia 1 de julho, entrámos no período crítico de risco de incêndio que se prolonga até 30 de setembro (podendo ser alterado em função das condições meteorológicas).

 

Clique aqui para aceder à imagem com ótima resolução.

 

Fonte da imagem: ICNF

 

| Agenda

| Notícias

sabia que

 

Pode consultar diariamente o risco de incêndio florestal?

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies